sábado, 22 de maio de 2010

Quem sabe um dia,
eu te escreva um poema
se você quiser,
eu sou.

Quem sabe um dia,
eu te mato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário